quarta-feira, 3 de setembro de 2014

One man band ou "pessoas fantásticas parte 2"

A inspiração para esta postagem começou a... a... a... nem lembro mais quanto tempo atrás mas isso não vem ao caso. One man band é um jogo em Flash onde você arrasta instrumentos em volta de um homenzinho e ele, com o auxílio dos cliques do seu mouse, faz o espetáculo. Produzido pela MINICLIP.COM, é divertimento garantido por... um bom tempo. O único ponto negativo é que ele é todo em inglês, mas depois que se "pega o jeitinho", é moleza.

Zapeando pela net o Macagnan encontrou essa página: One Man Band - MIDI Arranger. Esse software promete "incrementar" o som de qualquer teclado eletrônico e outras coisas mais que o Macagnan não chegou a ler. O programa tem uma versão demo (de demonstração e não do "capeta", hein?) e uma versão paga e completa.

Mas o que o Macagnan descobriu, e não é mentira pois tá filmado e publicado no Youtube, o One Man Band existe! E não é um só que existe! Um deles, inclusive, tem até site próprio:http://www.onemanband.jp/. Ele é japonês e seu nome artístico é Funny Tombow. Olha ele aí em baixo:


Este outro One Man Band é Juzzie Smith. Esse australiano literalmente "faz a festa sozinho". Não dá pra resistir ao som de Juzzie. Pra não dizer que o Macagnan tá mentindo, olha ele aí:


E, como diria Geraldo Vandré, "pra não dizer que não falei das flores", existe também "one woman band" por aí. Esta garota (o Macagnan não descobriu quem ela é) é capaz de passar de um para outro e para outro instrumento musical sem perder o ritmo. Vale a pena conferir:


E para finalizar, o Macagnan encontrou um senhor que toca... taças de cristal. Sim, taças de cristal!


Segundo o blog Produção e Percepção de Sons, esse fenômeno existe sim e é chamado de RESSONÂNCIA. Segundo o mesmo blog, "ao ser esfregado, o copo vibra como uma corda de violino. O segredo está em um dos seus componentes: o chumbo. O metal, além de dar brilho a esse tipo especial de vidro, consegue deixá-lo mais firme. Assim, em vez de o copo de cristal absorver a maior parte da energia provocada pelo atrito com o dedo, como faz um copo comum, acaba devolvendo parte dessa energia em forma de som".Variando-se o nível de água, modificamos a frequencia com que o copo ressoa e consequentemente mudamos a "nota musical" emitida. Neste mesmo blog encontramos mais coisas interessantes sobre o mesmo tema.

Bom, pessoal; por hoje é só! Até a próxima!
Google+