terça-feira, 4 de junho de 2013

Um quebra-cabeças chamado Conector DB9

E eis que um dia o Macagnan adquiriu dois kits para montar conectores DB9. Detalhe: desmontados e sem manual de montagem! Putz, e agora? Estava sem internet no momento e não tinha como consultar o Google "salvador da pátria". O jeito foi tentar montar por dedução. Mas até que não foi tão difícil assim. E um passo-a-passo da montagem virou promessa; e como promessa é dívida e o Macagnan pode até demorar mas paga suas dívidas (ou seria promessas?), aqui está o passo-a-passo da montagem do conector DB9.

Para quem não conhece, o conector DB9 é este aqui:

Imagem devidamente "abduzida" de http://www.ferramentaspc.com.br
O resultado esperado era este aqui (a montagem do conector fêmea era para ser utilizado em um cabo de um controle do Atari 2600):

Conector Db9 fêmea montado, o objetivo final.
Vamos conhecer as peças que vieram no kit (adquirido em Porto Alegre, na Avenida Alberto Bins):

1 - Carcaça plástica, 2 unidades:

2 - Braçadeiras e arruelas metálicas, 2 unidades cada:

Arruelas à esquerda e braçadeiras à direita
3 - Parafuso grande com porca, 2 unidades cada:


4 - Parafuso médio com ressalto, 2 unidades:


5 - parafuso pequeno, 2 unidades:


 6 - Conector DB-9, 1 unidade:

Neste caso, um conector DB9 fêmea
 Iniciaremos a montagem do conector. Separamos as braçadeiras e os parafusos pequenos:


Repare que nas braçadeiras existem dois furos de diâmetros diferentes. No maior, o parafuso passa com folga...


... e no outro furo, de diâmetro menor, há uma "rebarba" com rosca interna:


Combinamos as duas braçadeiras da seguinte forma: primeiro colocamos um parafuso pequeno através do furo de diâmetro maior. Depois encaixamos a ponta do parafuso no furo de diâmetro menor da outra braçadeira e o apertamos com a chave adequada (neste caso foi usada uma chave Phillips). Fazemos os mesmos passos para o outro parafuso. Ao final temos a braçadeira montada:

Braçadeira pronta
Prosseguindo, vamos montar as arruelas nos parafusos médios com ressalto:


Colocamos o parafuso através do furo da arruela de forma que as abas da arruela fiquem inclinadas para baixo, em direção à rosca do parafuso:


Com os parafusos médios já preparados, vamos posicioná-los para encaixarem-se em uma das carcaças plásticas:

Parafusos já preparados com as arruelas e as carcaças
Iremos encaixar os parafusos em seus respectivos encaixes na lateral da carcaça, de modo que a arruela fique ajustada à lateral da carcaça e o ressalto existente no parafuso fique posicionado na parte interna do encaixe da carcaça. A imagem mostra como deverá ficar posicionado o parafuso na carcaça, porém esta não é a posição definitiva:

Posição de montagem do parafuso com ressalto e a arruela
Agora, sim, vamos montar em definitivo os parafusos com ressalto. Se você tinha posicionado-o na carcaça, retire-o. É hora de encaixar o conector na carcaça. Geralmente, as carcaças são iguais, não havendo distinção de carcaça superior ou inferior (salvo algum modelo com características especiais). Encaixamos o conector no ressalto frontal da carcaça e o posicionamos de forma que seus furos laterais coincidam com o encaixe do parafuso com ressalto na carcaça plástica. Neste ponto da montagem é importante que os fios já estejam soldados aos terminais internos do conector (aqui estamos usando um conector sem fios soldados para melhor visualizar os locais de posicionamento das peças que estamos montando):


Conector posicionado, vamos colocar, em definitivo os parafusos com ressalto, desta vez fazendo com que a rosca do mesmo atravesse o furo lateral do conector:

Parafusos já nos seus devidos lugares e arruelas também...

Lembram da braçadeira que montamos no início deste passo-a-passo? Ela vai posicionada no sentido contrário ao conector que acabamos de posicionar. Essa braçadeira servirá de trava para os fios soldados no conector. Os fios passam pela parte arredondada no meio da braçadeira de forma a permitir uma pequena folga do fio dentro da carcaça para que, em caso de um puxão, os fios não sejam arrancados do conector. Ao mesmo tempo, a braçadeira limitará o curso dos fios no caso de um puxão para que os fios não arrebentem e saiam do conector:

Local onde a braçadeira se posiciona

Posicionamos a outra carcaça plástica sobre a primeira, lembrando que teremos que ajustar as arruelas dos parafusos com ressalto para que se encaixem na carcaça e, se necessário,  algum ajuste na posição do conector. Assim fechamos as duas carcaças e o conector  está quase pronto:


Restaram os parafusos grandes e as porcas. Estes atravessam as carcaças plásticas em dois canais próximos à braçadeira. Colocamos os parafusos de um lado do conector...


... e as porcas do outro lado, finalizando a montagem com o aperto dos parafusos através de chave compatível:


E "c'est fini"! Terminamos a montagem de um conector DB9! Veja como ficou depois de montado:


Bom, pessoal. Por hoje é só! Até a próxima!

3 comentários:

  1. Olá Macagnan.
    Primeiramente, parabéns pelo excelente blog. O compartilhamento de conhecimento e histórias é algo louvável.
    Bom, hoje me deparei com esse quebra-cabeças do DB-9 e....., seu blog me salvou. Pequenas coisas que faz grandes diferenças. Obrigado!

    ResponderExcluir
  2. Olá Foxy Informática! Fiquei feliz em saber que este tutorial pôde lhe auxiliar! Sempre que posso, procuro postar um pouco das minhas "fuçanças" mas, às vezes não dá tempo de fotografar. Seja sempre bem-vindo ao Blog e, sempre que quiser, "entre sem bater na porta" neste blog!

    ResponderExcluir
  3. Grato, Macagnan.
    Aliás, já coloquei seu blog nos meus favoritos.
    Sempre com matérias muito bem escritas, didáticas e de qualidade impressionante. Já li várias postagens e agora estou vendo as postagens mais antigas. Gostei muito das postagens de itens antigos (atari, disquetes, máquinas diversas, tubo de filme fotogrático, aquaplay, etc). Uma tremenda viagem no tempo que nos faz refletir e sentir saudades dos tempos de outrora (e o pior, lembro de quase tudo isso). Obrigado mais uma vez por compartilhar conhecimento, divertimento e passagens tão agregadoras.
    Luiz

    ResponderExcluir

Google+