quarta-feira, 24 de março de 2010

Um ano atrás...

Bom, exatamente 365 dias atrás (25 de Março de 2009) o Blog ainda não existia. Então, o que o Macagnan está insinuando com este título? Será que teve um ataque de "nostalgite"? Acho que não!

Exatamente a um ano atrás o Macagnan estava apertando o nó da gravata. Depois de uns cinco anos de namoro e noivado, chegou a hora, né? E lá fomos nós... Primeiro a dona Macagnan foi se embelezar (isso sempre acontece; mulher adora frequentar salão de beleza e fica brava quando nós, homens, frequentamos um barzinho ou outro "point"). Aí estão as artistas e a dona Macagnan:


Enquanto isso, o Macagnan era chamado para resolver um problema no trabalho a poucas horas antes de se apresentar no Cartório. Um bom banho, com direito a lavar até atrás da orelha (piadinha, viu?) , camisa nova, a gravata preta companheira (presente de uma colega de trabalho de Porto Alegre), calça social de três pregas no bolso (chiqueza...), sapato social de bico quadrado (pra que sofrer com sapato de bico apertado?). Deixei a Turuna em casa e fui para o Cartório. Pouco a pouco os padrinhos foram chegando, a noiva atrasou (só uns dez minutos; disso eu não pude me queixar, tem noivas que se atrasam o resto da vida hehehe...). Olhem quanta gente no Cartório:

(Da esquerda para a direita: Zolmir e Beatriz, padrinhos do Macagnan que está ao lado, de gravata junto com a dona Daniela acompanhada de Ivete e Flávio, seus padrinhos. Ao fundo, Gilberto e Isabel (escondida), nossos grandes amigos e à frente do balcão a Escrivã Daniela e o Juiz de Paz, Geraldino) 

Viram o papel de parede do Shrek 2 no computador?

Depois de assinados os documentos necessários, dei uma passada no trabalho (que fica ao lado do Cartório) e lá todo mundo já nos esperava:


Depois de uma comemoração com o pessoal, viemos para a festa em família. Mais algumas fotos destes momentos familiares e "famélicos" (eu, ao menos, já tava com uma fome...):

(da esquerda para a direita: Macagnan pai e filho, a agora dona Macagnan com mãe e pai ao lado)



As famílias originais: Macagnan e Dalla Vecchia.



 (as avós Elsa à esquerda e Vilma à direita)

(Tio Basílio - Basílio Radaelli - in memorian)

E enfim, o momento em que o pobre do noivo (dramático, né?) toma a noiva nos braços:


Também estiveram presentes no "aperto de gravata" a Dona Lovane que acompanhava a avó Vilma, o Pastor Alencar e sua família que nos brindaram com sua presença e o fotógrafo Jaime Mocellin, que fez o impossível para que o noivo saisse menos feio na foto:


 Bom, foi assim o começo. Poucos meses depois nascia o Blog do Macagnan. Filhos? Vai demorar um pouco, por enquanto só o Blog do Macagnan, o Blog da Dani e o Leão, que hoje já está bem crescido!

Pra quem não pode vir à festa, vai aí um joguinho pra entrar no clima: enfeite o bolo de casamento.

Bom, pessoal, por hoje é só! Até a próxima!

Um comentário:

Google+