sexta-feira, 11 de setembro de 2009

A lição do monitor.

Nesses dias em que vivemos, rodeados por equipamentos eletrônicos, digitais, computadores e etcetera, pouco a pouco vamos nos condicionando a ver a vida de um modo mecânico, preciso, alucinantemente ágil e sobrecarregados de informações que, sabe-se lá iremos precisar. Uma certa vez, em um momento filosófico, olhando para um monitor, acompanhando o comportamento de um computador que estava reparando, de repente "travou". Simplesmente travou! E nessa hora, o que a gente faz? Dá aquele tapão com gosto do lado do monitor. Que atire a primeira pedra quem nunca fez isso... E quando estava a alguns centímetros do monitor, parei! Pensei: - Ei, o monitor está funcionando muito bem. Quem está fazendo coisa errada é a "CPU" ( no caso, o gabinete com todas as outras tralhas dentro). Quem deveria levar este tapa era ela! E eis que me veio a inspiração para a seguinte fábula.

Fábula? O que é isso?

Bom, isso é uma história antiga mas vou explicar: fábula é uma história fictícia, casta e que traz uma mensagem de moral ao seu final. Famosas são as Fábulas de Esopo, das quais pude conhecer as mais famosas através de uma coleção de livros chamada "O Mundo da Criança" da Editora Delta. Geralmente os personagens das fábulas de Esopo eram animais mas as suas atitudes eram idênticas aos seres humanos assim como as morais ao fim das fábulas cabiam aos mesmos.

Voltando ao monitor... Por um segundo refleti quantas vezes havia feito este ato raivoso e impensado penalizando quem simplesmente se limitava a mostrar o que estava acontecendo de errado com os outros. Senti-me até um pouco culpado por essa injustiça e prometi daquele momento em diante tentar nunca mais repetir esse erro.

A lição de moral que tirei disso e que infelizmente se aplica, e muito, ao ser humano?

" Quem mostra a verdade ou os erros dos outros é o primeiro a sofrer a punição por isso".

Até o próximo! Não maltratem seus monitores, eles não têm culpa dos travamentos do computador...

(Imagem: http://blablacafe.blogspot.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+